Quanto tempo leva para fazer prótese protocolo?

by São Clemente
Published: Last Updated on 20 views

Quanto tempo leva para fazer prótese protocolo? Saiba quais as principais informações relacionadas a esse tipo de procedimento odontológico, aqui neste post!

A prótese tipo protocolo representa uma solução restauradora na odontologia que visa restituir a função mastigatória e estética em pacientes que perderam todos os dentes de uma arcada dentária.

Esse tipo de prótese dentária fixa é popularmente conhecida por oferecer mais conforto e segurança do que as dentaduras tradicionais pois é ancorada em implantes osseointegráveis, ou seja, pinos de titânio que são inseridos no osso maxilar ou mandibular do paciente.

O processo de criação e implantação de uma prótese protocolo é complexo e pode variar amplamente em duração, dependendo de uma série de fatores individuais, tais como condição óssea do paciente, necessidade de procedimentos preparatórios e a técnica específica utilizada pelo dentista ou cirurgião-dentista.

prótese protocolo
prótese protocolo

Quanto tempo leva para fazer prótese protocolo?

Iniciar o tratamento com próteses do tipo protocolo é uma decisão que demanda comprometimento tanto por parte do paciente quanto da equipe odontológica. O processo inicia-se com uma avaliação detalhada da saúde oral do paciente, incluindo exames de imagem para planejar o posicionamento dos implantes e a customização da prótese.

A fase cirúrgica vai depender da necessidade de intervenções preparatórias, como enxertos ósseos, para assegurar que haja osso suficiente para receber os implantes.

Após a cirurgia de implantação, usualmente segue-se um período de osseointegração, que é o processo pelo qual o implante de titânio se integra ao osso, criando assim uma base sólida para a prótese. Este período pode variar significativamente, indo de alguns meses até, em alguns casos, seis meses ou mais.

O próximo passo é a fase de confecção da prótese propriamente dita, que envolve várias etapas como moldagem, prova dos componentes e ajuste fino para garantir conforto e funcionalidade. Cada uma dessas etapas demanda visitas periódicas ao consultório, e o tempo para execução varia conforme a complexidade do caso e a técnica laboratorial empregada.

Vamos explorar mais detalhadamente o processo envolvido na confecção de uma prótese protocolo e quanto tempo geralmente leva cada etapa deste intrincado caminho para se alcançar um sorriso renovado:

Duração do processo

A duração total do processo de confecção de uma prótese protocolo pode ser impactada por diversos fatores individuais. Assim, o tempo necessário pode variar, podendo durar vários meses desde o planejamento inicial até a completa finalização e adaptação da prótese pelo paciente.

protese

Avaliação inicial e planejamento

Antes de tudo, é necessária uma avaliação odontológica detalhada. Durante essa consulta inicial, o profissional realiza um exame clínico completo do paciente, solicitando exames de imagem, como radiografias ou tomografias computadorizadas, para avaliar a quantidade e qualidade do osso remanescente.

Baseando-se nesse diagnóstico, o dentista irá desenvolver um plano de tratamento personalizado que preveja todas as etapas e procedimentos necessários. Esta fase pode levar algumas semanas, pois pode envolver a realização de múltiplos exames e discussões sobre as opções de tratamento.

Procedimentos preparatórios

Em alguns casos, antes da instalação dos implantes, pode ser necessário realizar procedimentos adicionais, como extrações dentárias, tratamentos de gengiva ou enxertos ósseos.

Estes procedimentos são essenciais para preparar a boca para receber os implantes e podem acrescentar uma quantidade significativa de tempo ao processo geral. Por exemplo, um enxerto ósseo pode necessitar de um período de três a seis meses para cicatrização antes que os implantes possam ser colocados.

Cirurgia de implante

A fase cirúrgica de inserir os implantes que suportam a prótese protocolo é realizada sob anestesia local, geralmente em ambiente clínico. O procedimento em si pode levar de uma a algumas horas, dependendo da quantidade de implantes a serem inseridos e da complexidade do caso.

Segundo a técnica tradicional, após a colocação dos implantes, é necessário um período de osseointegração, que normalmente leva de três a seis meses. Durante esse tempo, o paciente pode utilizar uma prótese temporária.

Confecção da prótese

Após a osseointegração, inicia-se o processo de moldagem e fabricação da prótese definitiva. Este processo inclui a escolha de forma e cor dos dentes, além de várias etapas de prova para garantir um encaixe perfeito. Essa fase pode durar várias semanas, já que envolve um trabalho minucioso e personalizado.

implante de carga dentario

Ajustes e manutenção

Uma vez que a prótese é instalada, é importante realizar ajustes para garantir conforto e eficiência mastigatória. Ajustes podem ser necessários durante as primeiras semanas ou meses após a instalação.

Após os ajustes iniciais, o paciente continuará a visitar o dentista para manutenções regulares e para assegurar o bom funcionamento e longevidade da prótese.

Tempo total

Somando todas as etapas, o processo de confecção e instalação de uma prótese do tipo protocolo pode levar de seis meses a um ano, ou até mais em casos complexos que requerem procedimentos adicionais de preparação.

É importante ressaltar que cada caso é único, e algumas técnicas mais recentes, como a carga imediata, podem permitir tempos de tratamento menores ao permitir que a prótese temporária seja fixada no mesmo dia da cirurgia dos implantes.

A comunicação honesta e aberta entre o paciente e o dentista é crucial. Pacientes devem ter expectativas realistas e estar preparados para o comprometimento a longo prazo necessário para garantir o melhor resultado possível para sua saúde bucal e qualidade de vida.

Quanto custa a prótese protocolo?

O custo de uma prótese protocolo, também conhecida como protocolo sobre implantes ou dentadura fixa, pode variar bastante dependendo de vários fatores, incluindo a região onde o tratamento é realizado, a experiência do dentista ou cirurgião-dentista, o tipo e a quantidade de implantes necessários, a qualidade dos materiais utilizados, entre outros.

implante de carga

Em termos gerais, o preço de uma prótese protocolo pode variar de alguns milhares a dezenas de milhares de reais. Por exemplo, no Brasil, o custo pode oscilar entre aproximadamente R $15.000 a R $30.000 ou mais para cada arcada dentária.

Cabe destacar que esse preço pode cobrir somente a prótese em si, podendo haver custos adicionais com a cirurgia de implantes, exames pré-operatórios, acompanhamento pós-operatório e outros procedimentos necessários.

Recomenda-se sempre consultar com um ou mais profissionais da área odontológica para obter orçamentos detalhados e discutir as opções de tratamento. Também é importante considerar que planos de saúde ou seguros odontológicos podem oferecer algum tipo de cobertura ou condições especiais que ajudem a custear o procedimento.

É crucial salientar que o custo não deve ser o único fator a influenciar a escolha do paciente; a qualidade do tratamento, os materiais usados, e a experiência do profissional são igualmente vitais para o sucesso em longo prazo da prótese protocolo.

Talvez você goste desses artigos:

Todos os direitos reservados – São Clemente